✚ Aciclovir
4.2 (83.75%) 48 votes

Aciclovir: preço, dosagem, efeitos colaterais, prescrição

O herpes é uma doença viral muito frequente. Cerca de 90% da população mundial está infetada pelo herpes simplex, vírus responsável por vários tipos de herpes. Contudo, só cerca de 10% não consegue criar imunidade de forma a mantê-lo em estado de latência, ocorrendo surtos ocasionais, que provocam desconforto e dor.

Não existe cura para esta doença, então os tratamentos antivirais são uma poderosa ferramenta no controle e tratamento de surtos ocasionais. Um exemplo disso é o tratamento com Aciclovir, com eficácia comprovada para os surtos de herpes genital, herpes labial e zona. Ao usar Aciclovir comprimido é possível reduzir o tempo de recuperação e minimizar os sintomas desconfortáveis.

>>>Se estiver no Brasil, visite nossa farmácia online parceira<<<

>>>Se estiver em Portugal, visite as nossas farmácias online parceiras<<<
EuroClinix ou Treated

Aciclovir comprimido, o que é?

Aciclovir pertence à classe dos medicamentos antivirais e é indicado no tratamento de infeções por vírus, principalmente os da família herpesviridae, vírus responsáveis pelo herpes. É frequentemente administrado em infeções virais por:

  • Herpes simplex 1, particularmente infecioso e virulento para as células da mucosa oral, originando herpes labial.
  • Herpes simplex 2, causador do herpes genital por infeção da mucosa genital.
  • Varicela-zoster, que na infeção primária causa catapora, também chamada de varicela, e que mais tarde pode levar ao desenvolvimento de herpes-zóster, quando ocorre reativação do vírus no organismo.

aciclovir comprimidoAciclovir comprimido é usado no tratamento destas doenças, por possuir excelente ação contra os vírus causadores. No entanto, é importante referir que o Aciclovir não cura as viroses, ou seja, não é capaz de eliminar o vírus do organismo de forma definitiva.

O Aciclovir é indicado para tratar as infeções agudas, uma vez que a sua administração permite reduzir o tempo de recuperação e o alívio dos sintomas. É também importante destacar que o Aciclovir não é eficaz contra qualquer virose.

Cada antiviral costuma ser desenvolvido contra um grupo específico de vírus, sendo que o Aciclovir não está indicado para tratar viroses como gripe ou HIV, por exemplo.

Mecanismo de ação

O Aciclovir é um nucleósido sintético, análogo da purina, e tem uma ação direta sobre o vírus do herpes, interrompendo a reprodução viral no interior da célula infetada e impedindo a sua disseminação. A atividade inibitória do Aciclovir é bastante seletiva, uma vez que é necessária a presença da enzima timidina quinase (TQ) codificada pelo vírus do herpes para fosforilar o Aciclovir no seu composto ativo, o trifosfato de aciclovir.

O composto ativo interfere com a DNA-polimerase do vírus, inibindo a replicação do DNA viral, essencial para a replicação e disseminação do vírus. Como as células normais não-infectadas não possuem uma TQ com capacidade de utilizar o Aciclovir como substrato, a toxicidade para as células do hospedeiro mamífero é baixa. Uma vez que atua diretamente sobre o vírus, permite que o corpo reaja mais efetivamente contra surtos de infeções agudas.

Como tomar

No tratamento do herpes, o Aciclovir comprimido pode ser administrado em várias doses, dependendo da estirpe do vírus que provoca a infecção. Apesar de ser possível ajustar ligeiramente as doses de acordo com as situações, abaixo estão descritas, de uma forma geral, as doses para o tratamento dos vários tipos de herpes.

Herpes labial – O Aciclovir é o medicamento para o herpes labial mais frequentemente indicado. Pode ser utilizado no tratamento da infeção primária (primeira vez que o paciente apresenta sintomas), das infeções recorrentes ou como tratamento profilático (também chamado de tratamento supressivo).

O tratamento para infeções primárias e recorrentes de herpes labial deve ser iniciado quando se começa a sentir os primeiros sintomas do surto, ou seja, uma sensação de formigamento ou dor em volta da boca. No caso de infeção primária por herpes labial, a dose indicada é um comprimido de 400 mg, 3 vezes ao dia, durante 7 a 10 dias.

Em situações de herpes labial recorrente, para o tratamento pode ser realizado oralmente com Aciclovir comprimido. No tratamento por via oral a posologia indicada é de 200 mg a 400 mg, 5 vezes por dia, durante 5 dias. O Aciclovir pomada ou creme é aplicado diretamente na ferida, 5 vezes por dia, por 4 dias. O tratamento por via oral é mais efetivo que o uso de Aciclovir pomada.

O início precoce de Aciclovir nos casos infeção recorrente por herpes labial permite reduzir os sintomas e a dor do surto, diminuindo o tempo de recuperação entre dois a três dias. Em casos de herpes labial recorrente, o tratamento supressivo pode ser indicado pelo médico. Nestes casos, a posologia é 400 mg, 2 vezes por dia, durante o tempo indicado pelo médico.

Herpes genital – Como acontece com o herpes labial, também no herpes genital o Aciclovir pode ser usado na infeção primária, nas infeções recorrentes ou como tratamento profilático. Em casos de infeção primária os sintomas são intensos, provocando bastante dor e desconforto. O início do tratamento com Aciclovir nas primeiras 72 horas diminui a severidade e a duração da doença.

Neste tipo de infeção o tratamento costuma ser Aciclovir comprimido, 200 mg, 5 vezes ao dia, por 7 a 10 dias. Contudo, podem ocorrer casos com maior gravidade, dessa forma o tratamento tem de ser feito por via intravenosa nos primeiros 2 a 3 dias, sendo depois administrado o Aciclovir por via oral para completar os 10 dias.

Para episódios de infeções recorrentes a posologia costuma ser 800 mg por via oral, 3 vezes por dia, durante 2 a 5 dias. Aciclovir comprimido pode ser usado todas as vezes que o paciente sofrer uma crise. Apesar dos sintomas serem mais brandos que na infeção primária, o início do Aciclovir nas primeiras 48 horas permite limitar os sintomas e reduzir o tempo de recuperação.

O herpes genital pode apresentar quadros recorrentes com elevada frequência, como acontece com o herpes labial. De modo a evitar crises repetidas o tratamento supressivo pode ser indicado, sendo a posologia 400 mg, 2 vezes por dia, durante 6 a 12 meses.

  • Herpes zóster (zona) – Aciclovir comprimido também está indicado no tratamento de herpes zóster. O tratamento deve ser iniciado nas primeiras 72 horas de sintomas e normalmente a posologia é de 800 mg, 5 vezes por dia, com intervalos de 4 horas e durante 7 dias. Mas em pacientes imunossuprimidos ou em casos mais graves, o tratamento deve ser feito por via intravenosa por 7 dias.
  • Catapora (varicela) – O Aciclovir não costuma ser usado no tratamento de situações de catapora em crianças saudáveis. Nesta faixa etária a catapora costuma ser uma infeção benigna e de curta duração, então o uso do Aciclovir não apresenta uma boa relação de benefício-risco, ou seja, não há necessidade de expor a criança aos possíveis efeitos adversos do medicamento se a infeção não é muito grave. Porém, o Aciclovir é indicado nos adultos porque as complicações da catapora são mais graves.

A posologia nestas situações costuma ser 800 mg por via oral, 4 vezes por dia, por 5 dias. Se a ingestão do medicamento não for iniciada dentro das primeiras 24 horas, a eficácia do tratamento é bem menor. Se o Aciclovir for inciado a tempo, permite reduzir a ocorrência de complicações, o número de lesões na pele e a duração da infeção.

Pacientes imunossuprimidos ou com complicações da catapora, como encefalite, hepatite ou pneumonia devem ser tratados com a forma intravenosa de Aciclovir. Aciclovir é efetivo por esta via mesmo iniciado o tratamento após as primeiras 24 horas, e deve ser administrado durante pelo menos 7 dias.

>>>Se estiver no Brasil, visite nossa farmácia online parceira<<<

>>>Se estiver em Portugal, visite as nossas farmácias online parceiras<<<
EuroClinix ou Treated

Cuidados simples para ter com este medicamento

Contraindicações

aciclovir comprimidoO Aciclovir não pode ser tomado por todas as pessoas com alergia ao próprio aciclovir ou ao valaciclovir. Os comprimidos de Aciclovir não são aconselhados em situações de amamentação ou gravidez.

Estudos preliminares indicam que o medicamento é seguro para o feto, mas ainda não há dados suficientes sobre sua total segurança durante a gestação. Aciclovir comprimido não é aconselhado a pacientes com diabetes ou que sofram de doença renal, sendo que a dose administrada deve ser corrigida de acordo com o grau de disfunção renal.

Não deve também ser tomado em simultâneo com medicamentos como a zidovudina, a ciclosporina ou a cimetidina. Aciclovir pomada é contraindicado em casos de hipersensibilidade ao polietilenoglicol ou qualquer um dos constituintes da forma farmacêutica.

Durante a sua consulta médica é importante mencionar quaisquer condições de saúde ou medicamentos que são tomados frequentemente, quer estejam aqui mencionados ou não.

Efeitos adversos

O Aciclovir é um medicamento seguro e geralmente bem tolerado pelos pacientes, por isso não é comum ocorrerem efeitos adversos com a administração deste medicamento. Sendo usado em tratamentos de curta duração, os efeitos adversos tendem a ser temporários e a desaparecer assim que o organismo do paciente se habitua à medicação.

Os efeitos secundários mais comuns de Aciclovir comprimido incluem dores de cabeça, diarreia, dores de estômago, erupções cutâneas e fadiga. No quadro que se segue estão descritos os efeitos adversos mais comuns, sendo que estes afetam menos de 1 em 10 pessoas que tomam o medicamento:

  • Dor de estômago ou enjoo: evitar refeições pesadas ou muito temperadas, consumir alimentos simples.
  • Coceira: falar com o seu médico se isto se tornar problemático.
  • Dor de cabeça e febre: perguntar ao seu farmacêutico para recomendar um medicamento adequado para a febre.
  • Diarreia: beber muita água para combater a perda de fluídos.
  • Cansaço e tonturas: não conduza ou utilize máquinas.

Pacientes que sofram efeitos secundários mais graves ou efeitos persistentes devem contatar o médico para serem aconselhados. Em tratamentos prolongados as dosagens de Aciclovir tomadas são baixas, permitindo que o organismo se adapte a quaisquer efeitos secundários do tratamento. Na forma tópica do Aciclovir, ou seja, Aciclovir pomada, os efeitos adversos são ainda menos frequentes que nos comprimidos.

O mais comum é a coceira no local onde a pomada é aplicada. Por último, a via intravenosa apresenta um perfil de efeitos colaterais semelhante ao da via oral. É ainda preciso considerar a possibilidade de o Aciclovir administrado por esta via poder causar insuficiência renal e pedras nos rins por deposição de cristais nos túbulos renais. Os problemas renais só ocorrem na via intravenosa e podem ser evitados se o paciente for bem hidratado antes da administração do medicamento.

Desvantagens

  • Uma grande desvantagem do Aciclovir é a sua baixa biodisponibilidade quando administrado oralmente, devido à sua baixa solubilidade na água. Por exemplo, num tratamento com Aciclovir comprimido, apenas 15-30% da quantidade total existente no comprimido é absorvida.
  • Devido à baixa biodisponibilidade e ao tempo de meia-vida inferior a 4 horas do Aciclovir, pode ser necessário realizar um tratamento com várias administrações diárias (4 a 5 vezes ao dia), o que se torna um inconveniente.
  • Este medicamento não permite erradicar o vírus latente.
  • A possibilidade de ocorrência de efeitos adversos ao nível dos rins e sistema circulatório se for administrado, por exemplo, Aciclovir comprimido como terapia supressiva do vírus durante um longo período de tempo.
  • O uso de Aciclovir de forma prolongada pode levar ao aparecimento de estirpes do vírus do herpes resistentes a este medicamento. Isto é algo a ser levado em conta, pois os antivirais de segunda geração são mais tóxicos que o Aciclovir.
  • Existe um risco de falha renal devido à cristalização do Aciclovir sódico após administração parenteral.

>>>Se estiver no Brasil, visite nossa farmácia online parceira<<<

>>>Se estiver em Portugal, visite as nossas farmácias online parceiras<<<
EuroClinix ou Treated

Os resultados comprovam a eficácia do Aciclovir

aciclovir comprimidoO Aciclovir é ser um tratamento com eficácia comprovada para os surtos de herpes labial, herpes genital e zona. As vantagens do uso do Aciclovir no tratamento destas doenças são:

  • Medicamento seguro e eficaz, com eficácia comprovada na melhoria da morbilidade e mortalidade provocada por vírus do herpes.
  • Terapias contínuas de 5-10 anos demonstraram ser seguras.
  • Toxicidade baixa, uma vez que o Aciclovir não interfere com a síntese de DNA em células não infectadas com o vírus.
  • Atua rapidamente nas células infetadas. Ao se experienciar os primeiros sintomas, quanto mais cedo iniciar o tratamento com Aciclovir comprimido, mais rápido será o tempo de recuperação.
  • Os sintomas dolorosos e desconfortáveis desaparecem em apenas 5 dias.
  • Pode ser usado como profilaxia, suprimindo o vírus e prevenindo surtos futuros, especialmente nas pessoas que experienciam surtos frequentes de herpes genital ou que possuem um sistema imunitário fragilizado.
  • Surtos de zona podem causar muito desconforto e dor ao paciente, uma vez que os sintomas incluem erupções cutâneas que podem ocorrer em qualquer parte do corpo. O tratamento com Aciclovir permite tornar os sintomas menos dolorosos e diminuir a sua duração.

Como obter os melhores resultados do tratamento

1. É importante beber muitos líquidos durante o tratamento com Aciclovir para manter o bom funcionamento dos rins. O melhor é beber água, mas também é possível beber bebidas sem álcool ou bebidas quentes.

2. Evitar exposição solar e usar protetor solar com elevado fator de proteção, porque o medicamento pode provocar sensibilidade cutânea.

3. Em situações de herpes vaginal não se deve ter relações sexuais, enquanto persistirem lesões ou bolhas. Mesmo após estas estarem curadas, existe a probabilidade da transmissão do vírus, portanto devem ser usados preservativos.

>>>Se estiver no Brasil, visite nossa farmácia online parceira<<<

>>>Se estiver em Portugal, visite as nossas farmácias online parceiras<<<
EuroClinix ou Treated

Click Here to Leave a Comment Below 0 comments